Home Fóruns Lacrimosa e notícias 2016 – Tilo – Dark Entries

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Lacrimaniacos Fã Clube 5 meses atrás.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #530

    Data: 23/02/2016
    Fonte: Dark Entries
    Tradução: Karina Pinotti

    Sem tempo não há esperança, e sem esperança não há futuro

    – Lacrimosa lançou seu CD “Hoffnung” – no final de 2015 para comemorar seu 25º aniversário. Após o muito experimental ‘Revolution’, este álbum retorna ao som clássico de Lacrimosa. Composições brilhantes, em que grandes orquestrações alternam com rock mais pesado. Lacrimosa em breve estará se apresentando na Bélgica pela primeira vez em sete anos, e aparentemente, Tilo Wolff está encantado com isso. Ele nos diz mais sobre nesta entrevista.

    – Olá Tilo. Você lançou ‘Hoffnung’ no final de 2015. Nós amamos o álbum. Quais são os seus sentimentos sobre o álbum?

    – TILO WOLFF: Ótimo ouvir que você o adora! Bem, para mim este álbum é um tipo de essência de Lacrimosa. Eu tenho trabalhado nisso há mais de um ano e cada nota, cada palavra é um pedaço de mim mesmo. O álbum inteiro é como uma criança, como meu bebê!

    – A temática é um pouco diferente do antecessor “Revolution”, que se baseava na crítica social. Em ‘Hoffnung’, você retorna a temas mais pessoais como amor e solidão. Ainda posso ouvir ecos de ‘Revolution’, embora, por exemplo, na faixa-título existe um tema abrangente sobre ‘Esperança’? Em caso afirmativo, qual?

    – TILO WOLFF: Eu acho Hoffnung – esperança – é uma palavra com muitas facetas. Principalmente tem em um sentido positivo. As pessoas esperam algo bom ou pelo menos algo melhor do que a situação atual. Isso abre o fato de que a esperança tem algo a ver com o tempo. A esperança alcança no futuro considerando o que está no passado. E a esperança considera a situação atual.
    Sem tempo não há esperança e sem esperança, não há futuro. Ninguém poderia viver um único dia sem a esperança de superar esse dia e ainda mais. Estas são algumas das facetas da esperança. Mas também pode haver esperança direcionada de maneira errada. A esperança sobre algo que nunca poderá ser cumprido. Isso pode destruir uma vida inteira. Portanto, a esperança não é apenas algo positivo. Todas estas são facetas de esperança, e deste álbum.

    – Pela primeira vez, Lacrimosa formou sua própria ‘Orquestra de Sinfônica Lacrimosa’, na qual você também tocou trompete. Isso deve ter dado muito trabalho, o que poderia ter sido mais fácil já que você já trabalhou com uma orquestra já existente. Por que você escolheu formar sua própria orquestra?

    – TILO WOLFF: Na verdade, é o contrário. Trabalhei com tantas orquestras como um cliente que depende do processo de trabalho da orquestra. E esses processos de trabalho raramente são feitos para tais produções de rock. Eles podem trabalhar muito bem para preparar concertos ou gravações de compositores clássicos conhecidos, mas quando você vem com suas próprias partituras e música que eles nunca ouviram antes , e gravações anteriores da banda para o qual eles devem tocar, Estes processos de trabalho que eles estão acostumados acabam não ajudando.
    Eu reuni músicos que eu conhecia de gravações anteriores, pessoas que eu sei que eles entendem sobre o que é Lacrimosa. Então, essas gravações estavam muito mais focadas na música e menos na organização. Mas ainda, escrever todas as partituras e ensaios com tantos músicos é sempre um trabalho infernal!

    – Você lançou dois trechos de ‘Hoffnung’ no YouTube com grandes animações. Isso me faz pensar: haverá um clipe de vídeo para uma das músicas do álbum?

    – TILO WOLFF: Adoro a transformação visual da música e adoraria fazer um vídeo para o novo álbum. Infelizmente não houve tempo suficiente entre o final do processo de produção e o início da turnê.

    – “Hoffnung” também teve o retorno de Stelio Diamantopoulos para a obra de arte. Percebemos que ele não estava envolvido na arte dos últimos CDs, mas concebeu a maioria das capas de Lacrimosa desde o início do projeto. O que fez vocês trabalharem juntos novamente?

    – TILO WOLFF: Bem, na verdade ele fez todas as capas de álbuns de estúdio sem recessão. Somente a capa da compilação inédita “Schattenspiel” foi feita por Alla, uma artista russa.

    – Estávamos ansiosos para o lançamento do DVD de ‘Live in Mexico City’. Este agora incluido como um bônus na edição limitada de ‘Hoffnung’. Com certeza um presente agradável para os fãs, mas estou de alguma forma surpreso que você não tentou chegar a um público mais amplo com o DVD. Ou haverá outra edição destinada a um público mais amplo?

    – TILO WOLFF: Não, depois que eu percebi que não poderíamos lançar o CD e o DVD de “Live in Mexico City” ao mesmo tempo, eu ignorei a ideia de lançar o DVD como um produto próprio e pensei em pagar a paciência que as pessoas tiveram de investir, dando o DVD mais ou menos como um presente.

    – Você recentemente voltou de uma turnê promovendo o novo CD de Lacrimosa na Europa Oriental, Ásia e América Latina. Pouco antes de você ir em turnê, você quebrou seu pé em um acidente de carro. Você conseguiu tocar os shows ou foi muito difícil?

    TILO WOLFF: Hehe… Eu quero dizer que adoraria esquecer esse acidente. E isso não foi algo facil tocar nos shows com um pé quebrado e o joelho machucado, mas depois disso tudo ocorreu bem. Nós pudemos tocar todos os shows e eu até consegui me levantar da cadeira algumas vezes sem machucar minha perna novamente. Então agora eu estou totalmente motivado para entrar no palco desta segunda parte da turnê com minhas duas pernas saudáveis novamente!

    – Agora você esta embarcando em uma nova turne, na qual você também vai tocar na Bélgica pela primeira vez desde 2009. Como você se sente sobre isso?

    TILO WOLFF: Muito animado! Belgica foi o primeiro país fora da Alemanha que convidou Lacrimosa para um show em 1993. Eu nunca vou esquecer isso! Desde esse tempo, Bélgica tem um lugar especial em meu coração e portanto eu estou muito feliz que nós fomos convidados a voltar novamente!

    – David Bowie morreu recentemente. Ele foi uma grande influencia para a cena gotica, e eu acho que para você pessoalmente. Quais são seus pensamentos sobre a sua monte e sua influência?

    TILO WOLFF: sim, ele é meu heroi. E eu ainda não consigo acreditar que ele não esta mais entre nós é claro que eu estou feliz por ele, que seu sofrimento terminou e que ele ainda pode definir um ponto final para sua carreira maravilhosa com um ultimo album. Mas para nós que vivemos a nossa vida com sua música, nós vamos sempre sentir saudades dele quando ouvirmos a sua voz!

    Muito obrigado por essa entrevista, e teria um ultimo pensamento?

    TILO WOLFF: Muito obrigado também. Eu quero dizer que será um prazer para nós e para mim pessoalmente tocar novamente na Bélgica após 7 anos! Eu estou ansioso por essa noite maravilhosa!

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.