O Lacrimosa é uma banda que não tem uma grande repercussão na cena metálica em geral, mas é capaz de causar um verdadeiro frenesi dentro do estilo que ajudou a criar, o chamado Doom/Gothic Metal. Se aproximando dos 15 anos de estrada, os alemães são donos de uma identidade única, que quase nunca muda, seja no visual, nas capas e até mesmo no som. E a maioria dos fãs não imaginava que, um dia, poderia ver Tilo Wolff e Anne Nurmi ao vivo por essas terras.

Mas eles vieram e fizeram apenas uma apresentação no país, no dia 28 de Julho, em São Paulo. Mesmo sendo uma quarta-feira (muito fria, diga-se de passagem), o público que compareceu ao Olympia foi considerável e não deixou dúvidas quanto ao seu fanatismo. Com o figurino produzido, maquiagem carregada, letras (mesmo as em alemão) na ponta da língua e a emoção à flor da pele, muita gente chorou e até mesmo desmaiou durante a performance do grupo.

Após uma introdução bastante sombria, o Lacrimosa subiu ao palco executando “Schakal”, seguida de “Malina” e “Alles Lüge”. Para começar um show com uma música de 10 anos atrás, já ficava claro que Wolff e sua trupe estavam ali simplesmente para agradar os brasileiros, mesmo tendo que divulgar “Echoes”, o disco mais recente, de 2003.

A presença de palco da dupla, acompanhada de Sasha Gerbig e Jay P. na guitarra, Yenz no baixo e AC na bateria é muito interessante. O vocalista se mexe bastante sem sair do lugar e acompanha todas as passagens das músicas com os braços, usando gestos bem particulares. Vale lembrar que todos ainda têm um visual andrógino e quase não há comunicação com a platéia.

Em quase duas horas e meia de apresentação, incluindo dois bis, o Lacrimosa tocou quase tudo o que os fãs esperavam como “Der Morgen Danach”, “Seele In Not”, “Not Every Pain Hurts” e a pesada “Copycat”. Um dos momentos mais tristes e emocionantes do show aconteceu em “Darkness”, apenas de piano e voz. No final, “Stolzes Herz”, editada no álbum “Stille”, de 1997. Uma experiência diferente para quem estava por lá apenas de passagem e inesquecível para quem já era fã do Lacrimosa.

Fonte: http://www.territoriodamusica.com/rockonline/shows/?c=310

Galeria de Fotos: http://www.territoriodamusica.com/rockonline/galeria/?c=91

Leave a Reply