Home Fóruns SnakeSkin 2006 – Canta'tronic

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Lacrimaniacos Fã Clube 11 meses, 3 semanas atrás.

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #515

    Fonte: snakeskin.ch
    Canta’Tronic
    Tradução: Karina Pinotti

    SNAKESKIN “Canta’Tronic”

    1990 TILO WOLFF estabeleceu a banda Lacrimosa, hoje em dia um dos atos mais bem sucedidos e respeitados da música alternativa em todo o mundo!Em 2004 ele iniciou SNAKESKIN? Mas por quê?
    Em seu site, ele escreve: “. O centro e a ideia principal de LACRIMOSA é que cada composição é baseada em uma poesia, este conceito foi exatamente a coisa certa naquela época e ainda é a coisa certa para hoje e vai mudar isso no futuro, eu tive que criar um novo quadro para as composições que não são o resultado da minha inspiração que amadureceram a partir das palavras mas contam uma história por conta própria. Então SNAKESKIN nasceu. A segunda pele. Esta segunda pele representa outra superfície, assim como a superfície musical de SNAKESKIN o arranjo e produção é diferente da do LACRIMOSA mas em baixo dessa pele é o mesmo coração batendo “..
    E realmente, no segundo álbum de SNAKESKIN com o título interessante e concepcional “Canta’Tronic”, um relacionamento com LACRIMOSA não pode ser negado e ainda assim, isso soa tão diferente, que dificilmente corresponde as histórias dos álbuns do LACRIMOSA.
    No centro há o conceito que o título já diz: cantado eletrônico. Já na estreia a voz ocasionalmente fortemente alienadas que lembrou gritos de animais selvagens em primeiro plano. Aqui, Wolff ainda vai um passo além: com sua voz desta vez quase un-alienado e emocional que ele canta melodias em parte muito tocantes e em parte surpreendentemente cativantes sobre as composições principalmente rítmicos que cria uma imensa tensão. Mas não suficiente, porque esta tensão encontra sua perfeição na conexão de batidas duras elétricas com a voz impronunciável e versátil de KERSTIN Doelle, a grande cantora de ópera, que já convenceu o público com entusiasmo como a representante da Alemanha nos concertos por ocasião da EU expansion back em 2004! Aqui mundos colidem e uma nova música surge é: Canta’Tronic!

    Sobre a história de “Cantadoras e Cantadoros”

    Se alguém perguntar a um Cantadoro quando tudo começou realmente, iria ter a resposta: “Algum dia na frente de uma eternidade … mas Orfeu era um de nós e Miriam da Bíblia Oh sim, São Franziskus também, não foi compor esta. maravilhoso Canticum Solis? ” Fado-cantores e druidas também lhes pertence. Mas quem é um Cantadoro? Tanta coisa é certa, não é aprendida se este certo fogo não queima na voz, na alma! Os espanhóis expressam da seguinte forma: a Cantadoro é alguém que está segurando sua própria rasgada e sangrando coração em suas mãos, cantando sobre essa dor para mantê-lo vivo. Ele está cantando para o amor e, ao mesmo tempo incorpora ele mesmo. A profunda espiritualidade e acreditar na determinação de cantar são fortes partes dele. A Cantadoro representa o poder e a alta intuição. O “Canto Hondo el” – “o canto do lobo” é o símbolo para ele.

    Faixas
    1 Etterna
    2 Stone Cold Hands
    3 Bite Me
    4 La Force
    5 Mortal Life
    6 Still Not Home
    7 The Eternal
    8 Manora
    9 Tourniquet
    10 Recall II
    Bonus Tracks
    11 Bite Me (Club Mix)
    12 Etterna (Club Mix)
    13 Etterna (FAQed Up Remix)
    Remix – F.A.Q.
    Remix [Credited To] – Thomas Daverio

    Palavra e Música por Tilo Wolff,
    todos os direitos autorais por Hall Of Sermon GmbH, publicado por Hall Of Sermon Publishing

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.